Última hora

Última hora

Independência do Montenegro submetida a referendo.

Em leitura:

Independência do Montenegro submetida a referendo.

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de anos de fricções com a Sérvia e de negociações difíceis com a União Europeia, os montenegrinos começaram a descer às urnas esta manhã, sob o olhar de 3 mil observadores internacionais.

Segundo as previsões mais de 80% dos 485 mil eleitores deverão participar no sufrágio. Os independentistas necessitarão de mais de 55% dos votos para poderem clamar vitória, um limiar difícil num território onde os sérvios representam 35% da população, defendendo a união com a Sérvia datada de há mais de um século e renovada em 2003. Ontem os líderes dos dois blocos opostos apelaram os eleitores à calma, temendo um aumento de tensão entre independentistas e unionistas. Para o bloco do “sim” à independência, dado como favorito nas sondagens e liderado pelo primeiro-ministro Milo Djukanovic, o fim da união com a Sérvia irá melhorar as relações do Montenegro com a União Europeia e com a justiça internacional. O bloco do “não” que ontem festejou antecipadamente a vitória na capital Podgorica, é liderado pelo chefe da oposição socialista Predrag Bulatovic, para quem a independência irá fragilizar e isolar o país. Os primeiros resultados provisórios deverão ser conhecidos ao final da noite de hoje.