Última hora

Em leitura:

Palestinianos juntos à procura da solução para a violência


mundo

Palestinianos juntos à procura da solução para a violência

Todas as facções palestinianas estão reunidas num diálogo nacional.Esta iniciativa tem como objectivo pôr fim aos confrontos entre as forças de segurança leais ao Fatah e as forças paramilitares comandadas pelo Hamas, que está a deixar os territórios à beira da guerra civil e encontrar soluções para a crise económica em que está mergulhada a Autoridade Palestiniana.

O presidente, Mahmoud Abbas, afirmou na abertura do encontro que as diferentes facções palestinianas têm dez dias para chegar a um acordo ou submeterá a referendo o plano de unidade nacional desenhado pelos mais célebres quadros dos movimentos palestinianos, detidos nas prisões israelitas. O plano prevê acabar com os atentados em Israel; um governo de união nacional e criar um Estado palestiniano nas fronteiras de 1967. O encontro está a ser seguido com muita atenção. Um cidadão afirma: “Não devemos atacar nenhum grupo muçulmano, quer seja a Fatah, o Hamas, a Jihad ou da Frente Nacional de Libertação da Palestina. No fim de contas, todos somos filhos da Palestina” As propostas de diálogo são bem vindas pela população. Os confrontos entre as forças do Hamas e da Fatah fizeram pelo menos dez mortos nos últimos dias. Já hoje, em Gaza, realizaram-se os funerais das três últimas vítimas, entre as quais um oficial da Fatah na Faixa da Gaza morto na explosão da sua viatura.
Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

OMS investiga casos de transmissão do H5N1 entre humanos