Última hora

Última hora

UE e Rússia acordam simplificação do regime de vistos

Em leitura:

UE e Rússia acordam simplificação do regime de vistos

Tamanho do texto Aa Aa

A 17 Cimeira semestral União Europeia-Rússia terminou esta quinta-feira na estância balnear de Sochi no Mar Negro.

Do encontro saiu um novo acordo entre os dois blocos que visa simplificar a obtenção de vistos. O entendimento, considerado um primeiro passo rumo à abolição dos vistos, foi ratificado pelo chefe da diplomacia russa Serguei Lavrov e pela Comissária Europeia para os Assuntos Externos, Benita Ferrero-Waldner. A simplificação destina-se inicialmente a estudantes, desportistas e empresários e só foi possível após a criação de um procedimento de readmissão recíproca de imigrantes ilegais. A questão energética, que dominou a cimeira, acabou por permanecer dúbia. Ambas as partes concederam que as relações comerciais vigentes são fiáveis e Vladimir Putin assegurou que a China não constitui uma solução de substituição da Europa no fornecimento de gás natural. Porém, nenhum dos blocos está disposto a fazer concessões que não sejam recíprocas. O chanceler austríaco, Wolfgang Schuessel, presidente em exercício da União Europeia, considera existir “um interesse mútuo em evitar novos desentendimentos e a esperança de se estabelecer uma cooperação baseada na transparência, nos princípios do mercado, na não-discriminação, na previsibiliade, na reciprocidade económica e ecológica e na segurança do investimento.” A reacção da comunidade internacional ao programa nuclear iraniano esteve também na ordem do dia. Moscovo e Bruxelas continuam sem uma posição consensual a este respeito, mas os dois blocos convergiram na necessidade de se impedir o Irão de ter armas nucleares.