Última hora

Última hora

Jovem ataca transeuntes no final da inauguração da nova gare de Berlim

Em leitura:

Jovem ataca transeuntes no final da inauguração da nova gare de Berlim

Tamanho do texto Aa Aa

A festa de inauguração da nova estação ferroviária de Berlim ficou ensombrada por um incidente violento. Um jovem correu pela rua apunhalando os transeuntes. Contam-se pelo menos 20 feridos, alguns deles graves.

Segundo a polícia, o agressor, que foi detido, tem 17 anos e é oriundo de Neukölln, um bairro problemático de Berlim, com uma importante comunidade imigrante. Na altura, a zona, onde ocorreu o ataque, acolhia milhares de pessoas que assistiam ao espectáculo de luz e música que pôs fim à cerimónia de inauguração da maior estação ferroviária da Europa. A gare nasceu onde antes passava o muro que separava as duas Alemanhas. A obra do arquitecto Meinhard von Gerkan promete ser um centro de união e é motivo de orgulho da chanceler Angela Merkel, que a inaugurou, horas antes do incidente. Na cerimónia Merkel apresentou a estrutura como símbolo do acolhimento que a Alemanha pensa oferecer ao Mundo a dias do início do Mundial de Futebol. A chanceler afirmou: “Esta gare representa com todo este vidro, os vários andares, as múltiplas direcções, as lojas, com tudo o que aqui se encontra, um edifício moderno, aberto ao mundo. E representa um símbolo para Berlim e para o país. É pelo menos o que desejo.” A gare, bem no centro de Berlim, custou cerca de 700 milhões de euros. A gigantesca estrutura de aço e vidro deverá receber diariamente mais de 1100 comboios que irão transportar cerca de 300 mil passageiros. Demorou mais de dez anos a construir.