Última hora

Última hora

Vaga de violência faz vários mortos em Cabul

Em leitura:

Vaga de violência faz vários mortos em Cabul

Tamanho do texto Aa Aa

Uma explosão de violência, esta manhã, em Cabul, terá provocado pelo menos 14 mortos e 150 feridos. Centenas de afegãos Em revolta concentraram – se no bairro das embaixadas gritando palavras de ordem contra a presença militar estrangeira no país. A polícia afegã e as forças de estabilização da NATO tentaram dispersaros protestos com tiros mas não conseguiram evitar os actos de destruição.

Tudo terá começado com um acidente de circulação de um coluna militar norte-americana, numas das principais artérias da capital, que terminou em tiroteio e vários mortos. A polícia terá disparado contra os manifestantes que se revoltaram na sequência do acidente que vitimou uma pessoas e feriu outras seis. Os civis acusam os soldados de terem tentado fugir após o sinistro. Outras referem que os travões de um dos camiões militares não funcionaram e o veículo abalroou várias viaturas. Um oficial norte-americano explicou que “tudo o que se passou vai ser investigado” e estão já “a cooperar com as autoridades afegãs nesse sentido”. A violência agravou-se com o aumento do número de manifestantes que incendiaram postos de polícia, restaurantes, escolas e forçaram as barreiras montadas pelas forças de segurança. Aqui pelo menos três manifestantes foram abatidos aumentando a cólera dos afegãos. “Nós queremos que os americanos se vão embora. Odiamos a América. Eles não têm sentido de responsabilidade. Conduzem nas nossas estradas e matam pessoas inocentes”, gritou um manifestante. O pessoal diplomático foi levado para local seguro. A meio da tarde a situação foi dada como controlada.