Última hora

Última hora

Esperança de se encontrarem mais sobreviventes diminui em Java

Em leitura:

Esperança de se encontrarem mais sobreviventes diminui em Java

Tamanho do texto Aa Aa

A esperança de se encontrarem sobreviventes nos escombros das áreas afectadas pelo sismo de Sábado na ilha de Java é cada vez menor. A prioridade das autoridades e das equipas de salvamento é agora tratar os feridos e alimentar os desalojados.

A ajuda internacional começa a chegar de uma forma mais intensa, mas as condições nos hospitais são ainda uma preocupação. Além de falta de espaço, existe carência de medicamentos e de cirurgiões para se cuidar dos mais de 6 mil feridos. A possível eclosão de doenças é também motivo de inquietação. O tremor de terra teve uma magnitude de 6,3 graus na escala de Richter. O epicentro verificou-se no Oceano Índico, a cerca de 37 quilómetros da cidade de Yogyakarta. Até ao momento estão confirmados mais de 6 mil e 400 mortos. Outro motivo de preocupação para os cerca de 100 mil desalojados é a actividade do vulcão Merapi, que após o tremor de terra triplicou de intensidade. No entanto, de acordo com os peritos, esta terça-feira, o vulcão está mais calmo.