Última hora

Última hora

Alkatiri confirma demissões de ministros da defesa e interior

Em leitura:

Alkatiri confirma demissões de ministros da defesa e interior

Tamanho do texto Aa Aa

Perdoar e esquecer foram os apelos do presidente timorense Xanana Gusmão que esta quinta-feira viu finalmente aceites as sugestões feitas ao primeiro-ministro para demitir os ministros da Defesa e do Interior.

A reunião do conselho de Estado de quarta-feira foi adiada indefinidamente por alegadamente Xanana pretender a exoneração imediata de Roque Rodrigues e Rogério Lobato. Mari Alkatiri convocou então um conselho de ministros extraordinário que teve lugar esta quinta-feira. Os dois ministros foram afastados. O chefe do executivo é alvo de contestação nas ruas mas rejeita qualquer diferendo com o Presidente ao referir que “apesar da constituição lhe dar competências, é preferível sempre tomar as decisões em conjunto numa situação de crise.” José Ramos Horta passa agora a acumular os Negócios Estrangeiros com a Defesa e Alcino Bóris assume a gestão do ministério do Interior. Entretanto, com o justificação de se adequar a viagem dos 120 militares da GNR ao fuso horário de Timor, a partida da força portuguesa apenas vai ocorrer esta sexta-feira de manhã, hora local. De acordo com o jornal Público, o envio do contingente português esteve para ser cancelado quando Lisboa teve conhecimento de que o comando operacional tinha sido entregue à Austrália.