Última hora

Última hora

Iniciativa americana para o Irão discutida em Viena de Áustria

Em leitura:

Iniciativa americana para o Irão discutida em Viena de Áustria

Tamanho do texto Aa Aa

Estão reunidos na Embaixada britânica em Vienna os cinco representantes do Conselho de Segurança da ONU mais a Alemanha. A ordem de trabalhos refere/se à política nuclear iraniana. Todos os presentes saudaram a iniciativa americana de ontem, quando a Casa Branca se mostrou disponível para conversar com Teerão, desde que este país suspenda o enriquecimento de urânio. O anúncio vem na sequência de uma carta que o presidente iraniano enviou ao seu homólogo americano, em que se disponibilizava a conversar em condições “justas e imparciais”.A Secretária de Estado britânica dos Negócios Estrangeiros, à chegada à Embaixada britânica, afirmou que a comunidade internacional está unida no desejo de se conseguirem progressos, hoje, de forma a ser possível iniciar negociações entre o Irão e a comunidade internacional.A declaração americana de ontem veio acompanhada de um pacote de incentivos ao Irâo que passam, entre outras medidas, pela concessão de combustível atómico para substituição do urânio enriquecido. Este gesto é visto pelos estrategas políticos como uma verdadeira oportunidade para abrandar esta crise.Oficialmente, a presidência iraniana não comentou a abertura norte/americana expressa ontem. Mas já se sabia que Teerão poderá aceitar uma redução dos seus níveis de enriquecimeto de urânio.Quanto a George w. Bush, ou continua a rejeitar sentar/se ao lado do representante de um país que está hipoteticamente a desenvolver a bomba atómica, e adia a questão iraniana para o seu sucessor, ou os esforços de hoje em Viena dão frutos e o Irão inicia negociações com a comunidade internacional.