Última hora

Última hora

Khamenei ameaça Washington com crise energética

Em leitura:

Khamenei ameaça Washington com crise energética

Tamanho do texto Aa Aa

O Ayatollah Ali Khamenei alertou os Estados Unidos para o risco de uma crise energética, caso Washington dê algum passo em falso relativamente a Teerão. O supremo líder religioso do Irão declarou que os fornecimentos de petróleo poderão ser perturbados, sugerindo que o crude pode ser usado como arma nesta crise.

Khamenei discursava no mausoléu do Ayatollah Khomeini por ocasião do 17º aniversário da morte do fundador da República Islâmica. A comunidade internacional quer que Teerão interrompa imediatamente o enriquecimento de urânio, por suspeitar que se trata de um programa com fins militares. A este respeito Khamenei frisou que o Islão é contrário ao armamento nuclear, reiterando os propósitos pacíficos do programa. O Ayatollah defendeu também que o país não deverá ceder às ameaças e ofertas de suborno para se desviar desse desígnio nacional. Uma alusão ao programa de incentivos da comunidade internacional que o responsável da diplomacia europeia Javier Solana deverá apresentar durante esta semana para convencer Teerão a suspender o enriquecimento de urânio. Porém, a República Islâmica continua a defender o direito inalienável à tecnologia nuclear.