Última hora

Última hora

Dia "chave" na Palestina

Em leitura:

Dia "chave" na Palestina

Tamanho do texto Aa Aa

No dia em que o responsável pela diplomacia europeia chegou ao Médio Oriente, o Hamas é pressionado pela presidência palestiniana. A sombra desta luta esteve presente na reunião entre Javier Solana e o primeiro-ministro israelita. Ehud Olmert tenta convencer o mundo do seu plano unilateral se as negociações israelo-palestinianas não resultarem. Neste momento Israel duvida que o presidente Abbas possa vencer o braço-de-ferro com o primeiro-ministro Ismaïl Haniyeh.

Mahmud Abbas, que também recebeu Solana, impôs um ultimato ao Hamas que termina hoje. O movimento islâmico deverá responder afirmativamente a um plano que propõe o fim dos atentados em Israel, a formação de um governo de unidade nacional e a criação de um Estado nas fronteiras de 1967. Este plano, traçado por quadros políticos presos em Israel, será sujeito a um referendo se o Hamas o recusar.