Última hora

Última hora

SIDA foi detectada há 25 anos

Em leitura:

SIDA foi detectada há 25 anos

Tamanho do texto Aa Aa

25 anos depois, a SIDA ceifou mais de 25 milhões de vidas. Em todo o Mundo, há cerca de 40 milhões de pessoas infectadas.

Foi a 5 de Junho de 1981 que estudos realizados pelo Centro de Saúde e Prevenção de Los Angeles, nos Estados Unidos, identificaram o Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH), determinando que se tratava de uma doença epidémica. O Dr. Silverman, responsável de Saúde em São Francisco na época, explica que ao observarem “pacientes com sintomas semelhantes, se tornou evidente que não estavam a lidar com uma singularidade médica mas algo muito mais penetrante”. Um ano mais tarde definem-se os modos de transmissão: sanguínea, materno-infantil e através de relações sexuais. Em 1983 o VIH é identificado como agente causal da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida. 1985 fica marcado pela primeira cara famosa associada à doença. O actor norte-americano Rock Hudson revela que tem SIDA, morrendo vítima da doença a 2 de Outubro do mesmo ano. Apesar dos investigadores anunciarem actualmente uma “desaceleração” da epidemia, advertem que continua a progredir em vários pontos do Mundo, sobretudo em África, com 24,5 milhões de infectados.