Última hora

Última hora

D'Alema em Bagdade prepara retirada

Em leitura:

D'Alema em Bagdade prepara retirada

Tamanho do texto Aa Aa

O novo chefe da diplomacia italiana, Massimo d’Alema, chegou hoje a Bagdade para consultas com o Governo iraquiano sobre a retirada do contingente italiano.

D’Alema chegou dois dias depois de um atentado contra o contingente italiano que fez um morto e quatro feridos. O chefe da diplomacia italiana tem agendada uma reunião com o seu homólogo, Hoshyar Zebari, com o primeiro-ministro, Nuri al- Maliki, e o presidente do Parlamento, Mahmud Machhadani. A seguir, D’Alema irá a Sulaymaniya, na região curda, para ser recebido pelo presidente da República iraquiana, Jalal Talabani. O novo Governo italiano, de esquerda, dirigido por Romano Prodi, anunciou a intenção de reduzir o número de soldados destacados no Iraque, de 2700 para 1600, durante o mês de Junho, e repatriar os últimos antes do fim do ano. Mas a presença italiana no Iraque será reforçada no que respeita ao apoio da democratização do Iraque, do seu desenvolvimento e segurança. Em três anos, morreram 31 militares italianos na guerra no Iraque, à qual se opõe, desde o início, a maioria da população italiana.