Última hora

Última hora

Lisboa permitiu ilegalidades da CIA

Em leitura:

Lisboa permitiu ilegalidades da CIA

Tamanho do texto Aa Aa

Portugal é um dos 14 países europeus referenciados no relatório do Conselho da Europa como tendo sido usado para escala de voos secretos da CIA de transporte de prisioneiros acusados de terrorismo.

O relatório do parlamentar suíço Dick Marty refere que os 14 Estados europeus colaboraram com a CIA ou toleraram a transferência destes detidos. O nível de colaboração foi dividido em quatro grupos, estando Portugal na «categoria A», grupo com envolvimento inferior. O relatório de Dick Marty, que acusa os europeus de colaboração nos voos secretos e ilegais, foi divulgado no site do Conselho da Europa. Nele se afirma que países como o Reino Unido, Espanha, Alemanha, Turquia e Chipre fornecerem apoio às operações da CIA. Mas as acusações mais graves são contra a Polónia e a Roménia. Após sete meses de investigações, há provas suficientes para sustentar a alegação de que os dois países mantinham, e possivelmente ainda mantêm, prisões secretas operadas pelos americanos em antigos campos da era soviética. O Conselho da Europa, que teve dificuldades para obter informações sobre o assunto junto dos países membros, pode citar e fazer acusações, mas não pode iniciar qualquer processo legal. O governo americano não nega ter transportado suspeitos para outros países, mas rejeita a acusação de que eles sejam torturados.