Última hora

Última hora

NATO duplica presença no Afeganistão

Em leitura:

NATO duplica presença no Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

A NATO aprovou esta quinta-feira um plano que vai permitir duplicar a sua presença no Afeganistão. Numa reunião em Bruxelas, os 26 países da Aliança Atlântica decidiram aumentar de nove para dezassete mil o número de soldados no país e estender as operações ao sul, onde a guerrilha talibã está muito activa.

Uma decisão que pode colocar as tropas da NATO perante a mais dura missão num cenário de guerra desde a criação da Aliança Atlântica em 1949. O secretário da Defesa norte-americano, Donald Rumsfeld, sublinhou a vasta coligação de países que, de uma forma ou outra, estão a contribuir para a recuperação do Afeganistão num total de 42 países. Os países membros da Aliança Atlântica apelaram ainda a uma maior ajuda dos doadores a um país onde a miséria e o desespero fazem engrossar as fileiras dos rebeldes. Nos últimos meses, as guerrilhas têm levado a cabo vários ataques numa aparente provocação à NATO. Só em Maio, cerca de 400 pessoas foram mortas na mais sangrenta insurreição talibã desde que as forças norte-americanas depuseram o governo islâmico em 2001.