Última hora

Última hora

Rei do Nepal vê retirado o poder de veto

Em leitura:

Rei do Nepal vê retirado o poder de veto

Tamanho do texto Aa Aa

O rei do Nepal tem a partir de agora um papel meramente protocolar.

Depois de vários braços-de-ferro com quem está contra a monarquia, o rei Gyanendra perdeu outra vez poderes reais. O parlamento retirou-lhe o direito de veto. Quer isto dizer que os deputados e o governo já não têm de esperar pela aprovação do monarca para arrancar com medidas a tomar no país. O parlamento consegue assim reduzir ainda mais o poder de Gyanendra que tentou assumir o controlo absoluto do Estado por várias vezes, entre elas em Fevereiro de 2005. Só há dois meses renunciou a esse poder absoluto, depois de 19 dias consecutivos de manifestações populares, e transformou-se num monarca constitucional. A 18 de Maio, o parlamento aprovou por unanimidade uma moção que tirou a Gyanendra o controlo do exército nepalês, o obriga a pagar impostos e pode ainda ser levado a tribunal se actuar contra a lei.