Última hora

Última hora

Bloqueio cipriota ameaça início das negociações para a adesão da Turquia à UE

Em leitura:

Bloqueio cipriota ameaça início das negociações para a adesão da Turquia à UE

Tamanho do texto Aa Aa

Os 25 vão começar a debater o primeiro dos 35 capítulos da adesão da Turquia à União Europeia. Esta discussão ameaça pôr a nu as divisões que o tema suscita entre os Estados-membros.A ministra dos negócios estrangeiros da Áustria, país que preside este semestre à União, revelou-se pragmática: “Estamos a trabalhar para encontrar uma solução. Não para fazer marcha-atrás”, disse Ursula Plassnik esta segunda-feira.Na sexta-feira, os 25 não conseguiram chegar a acordo para a iniciar o capítulo da Ciência e da Investigação devido à oposição dos cipriotas que querem algumas garantias imediatas de que Ankara vai reconhecer as autoridades de Nicósia.

Os ministros dos negócios estrangeiros dos 25 vão hoje tentar convencer Chipre a não bloquear as negociações. O chefe da diplomacia luxemburguesa sintetizou o espírito do encontro: “É preciso dar uma mensagem positiva à Turquia, talvez ainda hoje, mas ao mesmo tempo dizer às autoridades turcas que deverão respeitar os seus compromissos”,afirmou Jean Asselborn.A Turquia só reconhece a parte norte da ilha de Chipre, ocupada por Ankara em 1974 na sequência de um golpe de Estado dos cipriotas gregos. Tudo indica que este diferendo apareça de forma recorrente ao longo de todo o processo negocial que deverá durar, pelo menos, dez anos. Em reacção à atitude dos cipriotas, o chefe da diplomacia turca, Abdullha Gul, ameaçou não comparecer nas reuniões do Luxemburgo esta segunda-feira.