Última hora

Última hora

Classe política pede soluções para Guantánamo

Em leitura:

Classe política pede soluções para Guantánamo

Tamanho do texto Aa Aa

O triplo suicídio ocorrido no campo de prisioneiros norte-americano de Guantánamo Bay está a provocar reacções por parte da esfera política nos Estados Unidos.

Enquanto alguns democratas pediram o encerramento do centro de detenção, dois republicanos vieram a público defender a necessidade de levar os detidos perante tribunais. O senador Arlen Spector, um republicano da Pensylvania declarou que “muitos deles estão a contestar as suas detenções, de acordo com as nossas regras de habeas corpus, e para isso não é preciso ir para os Estados Unidos, eles podem fazê-lo em Guantánamo. Mas é uma situação que não pode prolongar-se indefinidamente e três suicídios mostram o desespero da situação, e aqueles homens não são propriamente anjinhos, são homens bastante duros”. Fontes militares norte-americanas afirmaram que os suicídios foram acções de protesto coordenadas. Mas activistas dos direitos humanos e advogados de defesa dizem que as mortes dos três prisioneiros revelam o desespero de muitos dos 460 detidos, suspeitos de pertencerem à Al Qaida e aos Talibans.