Última hora

Última hora

UE adverte a Turquia

Em leitura:

UE adverte a Turquia

Tamanho do texto Aa Aa

Ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia lançaram advertência à Turquia, mas chamaram-lhe “sinal de encorajamento”. O consenso foi difícil, mas Chipre, que tem vindo a ameaçar com o bloqueio das negociações, conseguiu uma relativa vitória. Bruxelas vai abrir as negociações de adesão sobre Ciência e Investigação, um dos 35 capítulos previstos, na agenda.

No documento aprovado, os ministros dos Negócios Estrangeiros, reunidos esta segunda-feira, no Luxemburgo, avisam a Turquia que deve cumprir todas as suas obrigações já acordadas, de modo a não afectar as negociações dos restantes 34 capítulos da agenda.

Mas o primeiro-ministro turco já desvalorizou a tomada de posição do Conselho dos Assuntos Gerais. De visita a Zagreb, Tayyip Erdogan disse que a União Europeia não se pode deixar influenciar pela oposição de um único partido cipriota.

Em causa estão as obrigações assumidas por Ankara em matéria de transportes internacionais, que prevêem facilidades aos operadores cipriotas. Nicósia diz que esse acordo não está a ser cumprido.