Última hora

Última hora

Al-Maliki propõe reconciliação nacional

Em leitura:

Al-Maliki propõe reconciliação nacional

Tamanho do texto Aa Aa

Acabar com a violência. Este é o objectivo do primeiro-ministro iraquiano que hoje apresentou um plano político e anunciou uma ofensiva militar na capital. Nouri al-Maliki propôs uma iniciativa de reconciliação nacional que abre as portas ao diálogo com os rebeldes ao actual regime de Bagdad. Um diálogo que pode incluir um perdão a todos quantos manifestem o interesse em integrar o actual processo político e que não tenham as mãos manchadas de sangue. Os detalhes desta iniciativa vão ser apresentados esta quinta-feira.

Entretanto, em Bagdad, cerca de 40 mil homens, entre soldados e polícias iraquianos e militares americanos, foram mobilizados para uma operação que tem como objectivo devolver a segurança à cidade de sete milhões de habitantes. A forte presença militar, as barragens de segurança, as buscas em veículos e os controlos de identidade permitiram diminuir os actos de terrorismo mas não os impediram. O rebentamento de um veículo causou dois mortos e sete feridos esta quarta-feira na capital, onde duas outras bombas explodiram sem fazer vítimas.