Última hora

Última hora

Merck lucra 400 milhões com negócio Bayer/Schering

Em leitura:

Merck lucra 400 milhões com negócio Bayer/Schering

Tamanho do texto Aa Aa

A Bayer tem o caminho livre para a compra da compatriota Schering. A outra empresa farmacêutica alemã que estava na corrida, a Merck, desistiu da luta e aceitou vender à rival a fatia de mais de 20% que tinha, entretanto, comprado em bolsa, o que significa que realizou, em pouco mais de uma semana, uma mais-valia de 400 milhões de euros.

Este dinheiro vai ser contabilizado como receita extraordinária, no próximo trimestre. A Merck tinha comprado a participação para impedir a compra, por parte da Bayer, mas acabou por aceitar vender, depois da Bayer ter subido a OPA dos 86 para os 89 euros por acção.

Com o negócio, a Merck fica com os cofres mais recheados e a Bayer garante o sucesso da OPA, ao mesmo tempo que retirou a queixa que tinha apresentado, em tribunal, contra a empresa rival. O preço valoriza a Schering em mais de 17 mil milhões de euros. Chega assim ao fim uma luta que durava há mais de dois meses. A Bayer passa a controlar a Schering e assim ganha força nalguns sectores, como é o caso dos contraceptivos, no qual esta última tem uma presença importante.

A notícia fez subir, na bolsa, os títulos das três empresas envolvidas.