Última hora

Última hora

Visita surpresa de Bush ao palco da guerra no Iraque

Em leitura:

Visita surpresa de Bush ao palco da guerra no Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente norte-americano fez uma visita surpresa de algumas horas ao Iraque, onde se encontrou com o novo chefe de governo. George W.Bush não disse nada de novo, pelo menos em público, a Nouri al-Maliki, que assumiu a chefia do executivo há poucos dias, nem às tropas norte-americanas. As ordens são para continuar tudo como está.

O presidente dos Estados Unidos garantiu ainda que a América cumpre sempre a sua palavra e, por isso, foi até ao Iraque para olhar nos olhos o novo primeiro-ministro. Ou seja, quem pensava em retirada das tropas do território ficou frustrado. Vão manter-se os 130 mil soldados estacionados no Iraque. Ao mesmo tempo, um site na internet divulgou as ameaças do novo líder da al-Qaida no terreno. Abou Hamza al-Mouhajer, que substitui Abou Mussab al-Zarqawi morto pelos norte-americanos, prometeu punir os sunitas que colaborem com o novo governo. Em todo o dia, morreram 36 pessoas e dezenas ficaram feridas em atentados em várias cidades iraquianas. Para além de Bagdade, foram registados ataques também em Fallujah e Kirkouk. Kirkouk foi a mais massacrada com dois atentados contra forças de segurança e um outro no mercado da cidade. O mais sangrento dos ataques matou 13 pessoas, 18 ficaram feridas.