Última hora

Última hora

Atentado em Kandahar visa civis ao serviço das forças internacionais

Em leitura:

Atentado em Kandahar visa civis ao serviço das forças internacionais

Tamanho do texto Aa Aa

A instabilidade no Afeganistão está cada dia mais próxima da vivida no Iraque. Um atentado bombista visou esta manhã um mini-autocarro que transportava vários trabalhadores afegãos para a base da coligação militar internacional em Kandahar, no sul do país.

A acção, a mais violenta desde o início do ano a atingir civis, provocou a morte de dez passageiros, ferindo outros 15 na antiga capital da milícia islamista Talibã. O atentado que não foi reivindicado ocorre um dia depois da coligação militar internacional, chefiada por Washington, lançar a maior ofensiva desde o final da guerra contra posições Talibã. A operação baptizada “assalto contra a montanha” tem por objectivo pôr termo àrebelião Talibã antes da entrega do controlo do sul do país às forças da NATO. Para o secretário geral da aliança atlântica esta missão não poderá falhar, sob pena de que, “o país volte a tornar-se num campo de treino de terroristas”.