Última hora

Última hora

Xanana vence braço-de-ferro

Em leitura:

Xanana vence braço-de-ferro

Tamanho do texto Aa Aa

Xanana Gusmão não se demitiu da presidência e Mari Alkatari pode estar prestes a ser afastado do cargo de primeiro-ministro. Estes são os desenvolvimentos em Timor-Leste num dia marcado pela manifestação que juntou milhares de apoiantes do chefe de Estado em Díli.

Xanana dirigiu-se à multidão que se concentrou em frente ao Palácio do Governo e disse que “a esperteza do povo” permitiu ganhar “esta guerra”. O presidente estava bem disposto e garantiu que vai cumprir as suas “obrigações com base” nas “exigências” dos timorenses. Durante o dia Xanana Gusmão esteve reunido com dois dos responsáveis máximos da Fretilin, Francisco Guterres e Estanislau da Silva. De acordo com uma fonte partidária, a renúncia de Mari Alkatiri à chefia do governo é uma das soluções que está a ser equacionada. O comité central vai reunir-se este sábado e provavelmente anunciar a sua decisão. Existem outras opções sobre a mesa, como a demissão em bloco do executivo, ou a permanência de Alkatiri e a nomeação de dois vice-primeiros-ministros. A primeira opção parece no entanto ser dada como certa. Pelo menos assim o entendeu um diplomata depois de uma reunião com o ministro dos Negócios Estrangeiros, José Ramos-Horta.