Última hora

Forças da coligação dão primeiros passos na retirada do Iraque

Em leitura:

Forças da coligação dão primeiros passos na retirada do Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

As forças da coligação no Iraque preparam planos de retirada e começam a tranferência de responsabilidades para as forças iraquianas.

A Casa Branca confirmou a elaboração de um plano para a saída de uma parte importante das tropas norte-americanas até ao fim de 2007. No entanto, fez saber que se tratá apenas de uma opção entre várias e que depende “das condições no terreno”. Entretanto, soldados britânicos e australianos preparam-se para transferir para as autoridades iraquianas o controlo da província de Muthana, no sul do país. O coronel britânico Giles Vosper-Brown diz que “se tomarem em consideração os acontecimentos das últimas semanas, com a formação do governo, a morte de Zarqawi, a transição da primeira província para controlo iraquiano, é algo que dá esperança”. Nima Abd, lugar-tenente do exército iraquiano acredita que a tranferência vai correr bem porque “é uma província pequena, como pouca população. Todos se conhecem, não há estrangeiros”. Mais de três anos após a invasão norte-americana, Muthana é a única região do país considerada suficientemente estável para a “passagem do testemunho” aos iraquianos. No Domingo, o Japão começou já a retirar os efectivos destacados em Samawah, perto de Bagdade.