Última hora

Última hora

Blair face às críticas de mais um trabalhista, o seu ex-ministro do Interior

Em leitura:

Blair face às críticas de mais um trabalhista, o seu ex-ministro do Interior

Tamanho do texto Aa Aa

De aliado a inimigo. Com a saída do governo britânico, Charles Clarke afastou-se do primeiro-ministro e tornou-se numa das vozes mais críticas de Tony Blair no seio dos trabalhistas. Depois de ter sido demitido de Ministro do Interior, numa inesperada entrevista, Clarke acusa Blair de ter “perdido o sentido objectivo, de liderança e direcção”.

Charles Clarke foi demitido em Maio. Apesar de ser um dos pesos pesados do Labour, Clarke não sobreviveu aos maus resultados do partido nas eleições municipais e às críticas após vários erros no seu ministério, por exemplo, a libertação de prisioneiros estrangeiros que deveriam ter sido deportados. O ex-ministro afirma que o chefe de governo poderá ainda recuperar o estilo de liderança, mas evoca também a possibilidade de Blair abdicar a favor de Gordon Brown, em 2008, mesmo se pensa que seria melhor o Ministro das Finanças tomar conta do partido antes. Este novo ataque interno a Blair beneficia um pouco mais os Conservadores, de David Cameron. Os Tories lideram as sondagens com dez pontos de vantagem na corrida para as legislativas de 2009.