Última hora

Última hora

Chirac defende governo em entrevista surpresa

Em leitura:

Chirac defende governo em entrevista surpresa

Tamanho do texto Aa Aa

Jacques Chirac apareceu de surpresa esta segunda-feira na televisão francesa, rompendo um silêncio de três meses. O presidente francês veio a público reiterar a sua confiança no governo de DeVillepin e tentar acalmar os ânimos na UMP, partido a que pertence, e onde parte dos deputados da maioria governamental contesta o primeiro-ministro: “Eu dei uma orientação ao governo, e o governo assumiu esse caminho, e assumiu-o com serenidade e com sucesso, não tenho qualquer espécie de motivo para impedi-lo de continuar a sua acção com determinação”, afirmou o chefe de Estado francês à France 2.

As declarações de Chirac surgem num período de turbulência política e social em França e foram acolhidas pela oposição socialista com ironia. O porta-voz do PS francês sublinhou que “Jacques Chirac é o único francês que acha que tudo vai bem, que o seu governo trabalha correctamente, que os dossiês avançam, e que não se perde tempo. Claramente, ele não percebeu a cólera que se manifestou nos últimos meses, não percebeu a terrível contestação que emergiu no país e também não percebeu as críticas que vêm do seio da sua própria maioria”. Jacques Chirac não falava ao país desde o fim de Março, mês que ficou marcado pela contestação ao contrato primeiro emprego, uma medida entretanto abandonada pelo Governo.