Última hora

Última hora

Conselho da Europa debate voos secretos da CIA

Em leitura:

Conselho da Europa debate voos secretos da CIA

Tamanho do texto Aa Aa

“Um maior controlo do espaço aéreo europeu” é o desejo do Secretário Geral do Conselho da Europa, Terry Davis, que hoje pediu aos estados membros meios suplementares para impedir uma utilização contrária aos direitos humanos.

Catorze países europeus são apontados como “escalas” nos voos de “transferências ilegais” de presumíveis terroristas, incluindo Portugal, no documento elaborado pelo suíço Dick Marty para a Assembleia Parlamentar. Marty explicou que “ é preciso afirmar claramente que não queremos esse tipo de coisas na Europa. Combatemos o terrorismo com determinação mas queremos fazê-lo como meios apropriados e não com métodos que acabam por dar razão ao terrorismo”. O Comissário Europeu da Justiça, Franco Fratini lançou um apelo às autoridades norte-americanas para uma maior colaboração com toda as acções vindas das instituições europeias, a começar pelo trabalho que tem sido desenvolvido no Conselho da Europa.“Os Estados Unidos que rejeitaram no passado dia 8 o relatório do Conselho da Europa sobre os voos secretos da CIA no continente europeu defendem que este tipo de colaboração é vital para o combate ao terrorismo.