Última hora

Última hora

"Não" no refernedo dá segunda serrota a Berlusconi

Em leitura:

"Não" no refernedo dá segunda serrota a Berlusconi

Tamanho do texto Aa Aa

Os italianos pronunciaram-se massivamente contra a proposta de reformas da constituição do ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi. Romano Prodi saiu vitorioso; o “NÃO” ganhou por 61,71%. A proposta de alteração da constituição de 1948 previa mais poderes para o primeiro-ministro e menos para o presidente, maior autonomia para as regiões, e a redução do número de deputados.

Segundo o primeiro-ministro italiano, Romano Prodi, a obtenção da maioria expressiva era o objectivo do seu governo antes de se começar a dialogar com as outras partes, porque “é necessário trabalhar-se em conjunto para se modernizar as instituições”. Depois da derrota nas últimas eleições, este claro “NAO” às propostas defendidas por Berlusconi pode “beliscar” de certa forma a posição do antigo primeiro-ministro, agora como lider da oposição. Para o ex-ministro italiano das reformas Roberto Calderoli, “dá que pensar como é que esta parte do país que votou não, pode estar convencida que sem este processo o país vai aguentar-se”. Mesmo na região norte de Itália, que viria a benificiar com estas reformas de regionalização, o “NAO” venceu.