Última hora

Última hora

Israel lança ofensiva militar na Faixa de Gaza para salvar soldado

Em leitura:

Israel lança ofensiva militar na Faixa de Gaza para salvar soldado

Tamanho do texto Aa Aa

Um ano após a retirada, as tropas israelitas regressam à Faixa de Gaza, para salvar o soldado capturado pelos palestinianos.

Cerca de cinco mil homens e dezenas de veículos militares entraram de madrugada pelo Sul do território e são grandes os danos provocados pelos raides aéreos para facilitar a operação. Os palestinianos são chamados pelo governo do Hamas a enfrentar o inimigo. Mas nas primeiras horas do dia não havia ainda registo de confrontos. A resposta dos activistas à incursão é o lançamento de foguetes artesanais contra Israel e a ameaça de matarem um colono raptado na Cisjordânia horas depois do soldado.

Durante a noite a aviação israelita destruiu a central eléctrica de Gaza, responsável pelo abastecimento de 70% da população. Parte do território ficou às escuras. Foram destruídas também várias pontes importantes. A operação foi lançada horas depois de ter fracassado a mediação da França e do Egipto para libertar Gilad Shalit.

Os palestinianos continuam a exigir a libertação de mulheres e jovens detidos em Israel, algo inaceitável para o governo de Ehud Olmert. Os activistas estão prontos a enfrentar o inimigo no terreno, mas a população essa começa a procurar locais seguros.