Última hora

Última hora

Ofensiva israelita em Gaza

Em leitura:

Ofensiva israelita em Gaza

Tamanho do texto Aa Aa

Tanques israelitas apoiados por helicópeteros e buldozers para abrir caminho, entraram na Faixa de Gaza como forma de pressão para a libertação do militarisraelita, capturado no domingo passado. Menos de um anos após o início da retirada de Israel, volta a ouvir-se o pesado barulho dos tanques nesta zona.

A aviação israelita realizou um raide contra a principal central eléctrica da Faixa de Gaza. Dois mísseis destruiram a central e provocaram um incêndio, deixando a cidade às escuras. Três pontes foram também destruídas para dificultar o trânsito entre o norte e o sul de Gaza, no caso de uma ofensiva israelita. Este largo número de militares na fronteira de Gaza, é uma posição demonstrativa de força mas também o prenúncio de uma possível ofensiva em larga escala, após o fracasso da mediação da França e do Egipto, para a libertação do cabo israelita de 19 anos,Gilad Shalid.