Última hora

Última hora

Confronto armado interrompe qualquer perspectiva de diálogo israelo-palestiniano

Em leitura:

Confronto armado interrompe qualquer perspectiva de diálogo israelo-palestiniano

Tamanho do texto Aa Aa

O governo do Hamas acusa Israel de promover uma “guerra aberta” contra o povo palestiniano. Milhares de militares hebreus ocupam desde esta manhã posições no Norte da fronteira da faixa de Gaza, onde formam uma segunda frente nos ataques sobre a região, iniciados ontem a Sul.

Nos arredores de Gaza centenas de guerrilheiros palestinianos preparam-se para um eventual confronto directo, instalando minas anti-tanque. Durante a noite o exército israelita tinha lançado outra ofensiva na Cisjordânia, que conduziu à detenção de mais de 80 responsáveis políticos e militares do movimento islâmico.

Sinal da tensão crescente, as preparações para uma reunião entre o presidente palestiniano e o primeiro-ministro israelita foram canceladas esta manhã.