Última hora

Última hora

Batasuna pede a Chirac que implique a França no diálogo com a ETA

Em leitura:

Batasuna pede a Chirac que implique a França no diálogo com a ETA

Tamanho do texto Aa Aa

O braço político da ETA quer implicar o governo francês no processo de diálogo anunciado ontem pelo governo espanhol.
O ilegalizado Batasuna de Arnaldo Otegi enviou uma carta aberta a Jacques Chirac onde exorta as autoridades francesas a deixarem de ver o problema Basco com uma questão interna à Espanha. Numa conferencia de Imprensa em Saint-Sebastian, Otegi invocou o grande País Basco “Heuskal Herria” dos independentistas que compreende Navarra o País Basco espanhol e francês. A luta pela idependência deste território dura há quatro décadas e provocou mais de 800 mortos. O primeiro-ministro, José Luis Rodrigues Zapatero, anunciou ao país o início do diálogo com a ETA mas deve contar com o Partido Popular como um dos obstáculos a ultrapassar. O chefe do governo tem a seu favor 60% dos espanhóis e o enfraquecimento da organização terrorista alvo de forte perseguição policial em Espanha e em França.

Contudo, a resistência da oposição, que receia ver ETA e Batasuna transformados em interlocutores políticos poderá dificultar as negociações. O PP considera que o governo passou dos limites ao comprometer-se a dialogar com o Batasuna, formação proibida pela Justiça devido aos seus laços com a ETA. José Luis Rodrigues Zapatero deve receber, amanhã, no Palácio de Moncloa, em Madrid, o ministro do Interior francês, Nicolas Sarkozy para abordar a situação. Em França encontram-se detidos 150 elementos da ETA.