Última hora

Última hora

Olmert dividido entre diplomacia e ofensiva militar

Em leitura:

Olmert dividido entre diplomacia e ofensiva militar

Tamanho do texto Aa Aa

Ehud Olmert procura uma solução para a primeira grande crise desde a sua chegada ao poder, há três meses. Segundo a imprensa israelita, as divergências entre o primeiro-ministro e o Estado-Maior estão na origem da suspensão da ofensiva prevista para o Norte da Faixa de Gaza.

O diário Haaretz afirma que Olmert rejeitou uma operação no sector de Beit Hanoun destinada a parar os ataques contra Israel. O jornal Yediot Aharonot diz que o primeiro-israelita está preocupado com a possibilidade de um grande número de vítimas civis palestinianas e importantes perdas também do lado israelita.

O diário refere ainda uma sondagem segundo a qual 53 por cento dos israelitas prefere a via negocial e “a pressão internacional” para obter a libertação do soldado Guilad.

No entanto, as tensões continuam ao rubro, especialmente desde a descoberta do corpo de um colono de 18 anos, morto pelo mesmo grupo que raptou o soldado israelita.