Última hora

Última hora

PM holandês apresenta demissão do governo

Em leitura:

PM holandês apresenta demissão do governo

Tamanho do texto Aa Aa

Colapso no governo holandês. O primeiro-ministro Jan Peter Balkenende apresenta esta sexta-feira a demissão à rainha Beatriz. A coligação governamental entrou em ruptura depois do chefe do executivo ter perdido o apoio do mais pequeno partido da aliança – o D66.

Este executivo de centro-direita está em funções há três anos e cai agora pois o D66, formação liberal de esquerda, exigiu a Jan Peter Balkenende que demitisse a ministra da Imigração e Integração, Rita Verdonk, caso contrário perderia o apoio no seio da aliança.

Balkenende mostra-se desapontado com o modo como tudo se passou, mas diz que a política é mesmo assim, fizeram reformas das quais se orgulha, “é pena”, diz o ainda chefe do executivo, “que tudo acabe por causa do D66”.

Na base de todos os problemas está a decisão da ministra da Imigração que retirou a nacionalidade holandesa à deputada de origem somali Ayaan Hirsi Ali, pois teria mentido quando apresentou o pedido de asilo político.

Entretanto, a ministra voltou atrás na decisão, mas os liberais de esquerda não gostaram, ameaçaram com uma moção de censura. E Jan Peter Balkenende, sem apoio para governar, não teve outro remédio senão marcar eleições antecipadas.