Última hora

Última hora

EADS e Airbus já têm novos presidentes

Em leitura:

EADS e Airbus já têm novos presidentes

Tamanho do texto Aa Aa

O co-presidente executivo francês do consórcio pan-europeu de aeronáutica e defesa EADS, Noel Forgeard, não resistiu à crise na filial Airbus e apresentou a demissão.

O anúncio de atrasos na entrega de encomendas dos aviões gigantes A-380 em Junho alastrou a crise ao grupo tendo-se registado uma desvalorização de mais de 26 por cento nas acções.

A venda de títulos por parte de Forgeard, antes do incumprimento de prazos ter sido tornado público, fragilizou ainda mais a sua posição.

Para encontrar a luz ao fundo do túnel, o grupo nomeou o presidente dos caminhos-de-ferro franceses Louis Gallois. O alemão Thomas Enders permanece na presidência.

Quem também demitiu-se foi o presidente-executivo da Airbus, Gustav Humbert, que vai ser substituído pelo engenheiro de minas francês Christian Streiff.

Estará assim resolvida uma alegada clivagem entre os accionistas alemães e gauleses. A germânica Daimler-Chrisler detém 22 por cento do capital social enquanto o grupo Lagardère e o Estado francês detêm outra grande fatia.

Espera-se agora um voo empresarial menos turbulento.