Última hora

Última hora

Israel pretende mediação russa

Em leitura:

Israel pretende mediação russa

Tamanho do texto Aa Aa

A acção da diplomacia internacional para acabar com o diferendo entre israelitas e grupos armados palestinianos parece não ter sortido efeito depois da intervenção de alguns países árabes, como o Egipto.

A ministra dos negócios Estrangeiros israelita, Tzipi Livni, deslocou-se a Moscovo, que terá relações privilegiadas com o governo do Hamas, para estimular a mediação russa no diferendo.

O Kremlin anunciou que vai utilizar todos os canais disponíveis para obter a libertação do soldado, pedindo ao mesmo tempo contenção a Telavive.

Mas o executivo palestiniano estará debilitado já que Israel deteve inúmeros ministros e deputados ligados ao Hamas.

Aliás as instalações do Hamas são os principais objectivos dos ataques israelitas. Esta noite, em Gaza, entre outros alvos, uma sede do Hamas foi bombardeada.

Em perigo está a população palestiniana privada de bens essenciais.