Última hora

Última hora

Macedónia conta votos

Em leitura:

Macedónia conta votos

Tamanho do texto Aa Aa

As urnas fecharam às 19 horas locais, para umas eleições que, além de ditaram a constituição do novo parlamento de Macedónia, servem também de teste à maturidade democrática do país.

A União Europeia segue atentamente o processo, porque, em todas as anteriores eleições, houve acusações de irregularidades.

O primeiro-ministro, Vlado Buckovski, e a União Social-Democrata são apontados como favoritos.

E na sua propaganda eleitoral, Buckovski não se cansou de dizer que foi ele quem conseguiu, para a Macedónia, o estatuto de país candidato à União Europeia.

Do outro lado, está Nokola Gruevski, o lider do Partido Democrático para Macedónia Livre, a principal força da oposição que pretende retirar dividendos políticos dos maus indicadores económicos.

Os 30 por cento de desempregados podem dar-lhe os votos de que espera.

A Comissão Europeia aceitou a candidatura desta pequena república dos Balcãs, mas exigiu lisura do processo eleitoral, de modo a evitar as críticas do passado recente.