Última hora

Última hora

Israel recusa trégua proposta por Hanyeh

Em leitura:

Israel recusa trégua proposta por Hanyeh

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro palestiniano, Ismail Hanyeh, apelou ao fim dos combates na Faixa de Gaza, numa declaração dirigida a Israel e aos activistas palestinianos. O chefe do executivo do Hamas reclamou também o reinício das negociações para a libertação do cabo Shalit sob mediação egípcia.

Israel já disse que não calará as armas enquanto os palestinianos não libertarem o soldado do Tsahal e os mísseis al-Qassam continuarem a cair em solo hebreu. Os militares israelitas prossegem a ofensiva colocando hoje a cidade de Gaza entre vários fogos, o exército ataca vindo da passagem de Karni, a marinha acciona as canhoeiras ancoradas no Mediterrâneo e os helicópteros rondam os céus.

Depois do Tsahal abandonar Beit Lahya esta manhã, os activistas do Hamas clamaram vitória argumentando que Israel não encontrou o seu soldado na localidade. Ao mesmo tempo mostraram documentos de identificação de militares israelitas. Uma baixa que se contrapõe às quatro dezenas de palestinianos abatidos pelas armas do Tsahal, a grande maioria combatentes. E este sábado pelo menos três palestinianos foram mortos desde o início dos combates na cidade de Gaza.

Entretanto a pressão internacional começa a acentuar-se sobre Israel. Agora foi a vez da Turquia se mostrar horrorizada com a situação.