Última hora

Em leitura:

Autoridades decretam dia de luto nacional na Rússia


mundo

Autoridades decretam dia de luto nacional na Rússia

Foi decretado dia de luto nacional na Rússia devido à catástrofe que tirou a vida a pelo menos 124 pessoas. Os investigadores já estão a analisar a caixa negra do A310 que fazia uma ligação interna proveniente de Moscovo para Irkutsk, na Sibéria. Segundo as primeiras conclusões, depois de aterrar, o aparelho não conseguiu travar e embateu contra edifícios com garagens.

Os especialistas exploram agora as hipóteses de avaria técnica ou falha humana como possíveis causas do desastre. Há pelo menos uma testemunha que afirma ter visto fumo a sair do cockpit antes do avião chocar com os edifícios.

Foi instalada uma célula de crise, onde se incluem vários psicólogos para apoiar os familiares das vítimas que têm de fazer a idenficação dos corpos. Os cadáveres foram distribuídos pelas morgues dos hospitais da cidade siberiana onde se deu o acidente.

Uma sobrevivente, entre os 57 que conseguiram escapar com vida, conta que “o avião aterrou, mas não abrandou a velocidade e depois do choque foi o pânico total”.

Mantém-se a incerteza quanto ao número de passageiros que seguiam a bordo. De acordo com a companhia aérea S7, proprietária do A310, viajavam no aparelho 192 pessoas mais oito membros da tripulação. Há ainda três nomes de pessoas, que se sabe que seguiam no aparelho, mas que não fazem parte da lista oficial de passageiros.

Há pelo menos seis pessoas desaparecidas.

Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Autoridades prudentes quanto às causas da tragédia