Última hora

Última hora

Ofensiva israelita alargada ao centro da Faixa de Gaza

Em leitura:

Ofensiva israelita alargada ao centro da Faixa de Gaza

Tamanho do texto Aa Aa

A operação militar israelita “Chuva de Verão”, iniciada há duas semanas, foi alargada à zona central da Faixa de Gaza. O comando das forças armadas israelita fez avançar tropas e veículos blindados para uma zona que ainda não tinha sido alvo de incursões terrestres, desde que o Tsahal iniciou manobras militares com objectivo de resgatar um soldado sequestrado e terminar com o disparo de “rockets” por parte de grupos armados palestinianos.

Também esta noite a aviação israelita procedeu ao bombardeamento na cidade de Gaza. De acordo com fontes hospitalares palestinianas pelo menos 6 pessoas perderam a vida. Do ataque também resultaram vários feridos, incluindo o chefe do braço armado do Hamas, Mohammed Deif, cuja casa foi um alvo da força aérea de Israel. Esta última informação foi avançada por Telavive

Desde o início da ofensiva já morreram pelo menos 65 palestinianos, dos quais 20 civis. Além de ignorar as críticas internacionais, Israel rejeitou os pedidos de cessar-fogo e de negociações solicitados pelo governo do Hamas, que sempre recusou reconhecer o direito de existência do Estado hebraico. O executivo palestiniano quer que a comunidade internacional intervenha.

Mais moderado nas relações com Telavive e de regresso de um encontro com o rei Abdullah II, da Jordânia, o Presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmoud Abbas, voltou a condenar aquilo que considera ser a agressão israelita ao povo palestiniano.