Última hora

Última hora

Sede da diplomacia palestiniana bombardeada

Em leitura:

Sede da diplomacia palestiniana bombardeada

Tamanho do texto Aa Aa

Esta madrugada, numa altura em que os ataques aéreos contra o Líbano ainda estavam em preparação, a aviação hebraica bombardeou o centro da cidade de Gaza destruindo o ministério dos Negócios Estrangeiros palestiniano. Várias outras construções foram atingidas. Não há registo de vítimas mortais, mas pelo menos 10 pessoas ficaram feridas.

O porta-voz do ministério palestiniano, Taher al-Nunu, referiu “que esta acção demonstra que o governo dos ocupantes continua a sua campanha de terror contra o povo palestiniano e rejeita enveredar pelo caminho do entendimento. Segue um trilho que lhe permite continuar a guerra aberta com assassinatos, sabotagens e destruição dos meios de subsistência”, garantiu.

A operação “Chuva de Verão” tem como palco a Faixa de Gaza. Na quarta-feira, as operações militares foram alargadas ao centro daquele território com forças terrestres, depois do mesmo ter sido feito no Norte e no Sul. A ofensiva já dura há duas semanas e, segundo Telavive, tem como objectivo resgatar um soldado israelita sequestrado e acabar com o lançamento de “rockets” por parte de grupos armados. Desde então já morreram mais de 70 palestinianos e vários ficaram feridos. Só ontem e hoje, entre civis e activistas, os ataques do Tsahal ceifaram a vida a 24 pessoas e feriram várias outras, incluindo um chefe do braço armado do Hamas.