Última hora

Última hora

Fuga de civis do Líbano cada vez mais complicada

Em leitura:

Fuga de civis do Líbano cada vez mais complicada

Tamanho do texto Aa Aa

Os libaneses continuam a fugir de Beirute, depois de novos bombardeamentos israelitas. Mas a saída da região e de todo o território é cada vez mais difícil devido aos ataques em várias frentes. Um libanês explicou que “as estradas foram atingidas, tentou contornar as vias danificadas dando a volta pelos montes. Havia aviões militares por todo o lado”.

Há três formas de deixar o território: por mar, pelo ar e por terra. Mas a auto-estrada que liga Beirute a Damasco, na Síria, foi atacada. Várias pontes foram destruídas, o aeroporto foi bombardeado, todos os portos libaneses estão bloqueados pela marinha israelita.

E muitos pacotes de férias foram cancelados. As autoridades temem uma crise económica sem predentes. O turismo é uma das maiores fontes de rendimento. Segundo as estimativas, o Líbano pode perder 2 milhões de turistas nos próximos tempos.

O aeroporto está encerrado mas seis aviões com funcionários de embaixadas e um antigo presidente libanês foram autorizados a descolar. Pouco tempo depois, o aeroporto voltou a ser bombardeado