Última hora

Em leitura:

Bush e Putin aprovam Israel


mundo

Bush e Putin aprovam Israel

Como previsto, a questão da violência no Médio Oriente, com os ataques israelitas ao sul do líbano, intrometeu-se entre os principais assuntos programados para cimeira do G8 em São Petersburgo. Os presidentes russo e norte-americano estiveram na abertura do encontro. George W. Bush atribuiu responsabilidades à Síria e defendeu a posição de Israel: “Na minha opinião, é preciso compreender como é que a violência começou. E começou porque o Hezbollah lançou roquetes contra Israel e raptou dois soldados”

Quanto ao anfitrião da cimeira, Vladimir Putin, é “absolutamente inadmissível a utilização da força e o rapto de pessoas com fins políticos. Desse ponto de vista nós compreendemos as precupações de Israel. Mas ao mesmo tempo a resposta militar deve ser equilibrada”. Esta foi uma primeira conferência de imprensa a anteceder a abertura do G8. O encontro propriamente dito começa oficialmente amanhã e termina na segunda-feira.

Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Cenário de guerra no centro de Beirute