Última hora

Última hora

Israel aponta "consequências consideráveis" ao atauqe do Hezbollah

Em leitura:

Israel aponta "consequências consideráveis" ao atauqe do Hezbollah

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro israelita, Ehud Olmert, afirmou que o ataque contra a cidade de Haifa terá “consequências consideráveis”. Olmert disse que “nada impedirá Israel de cumprir os seus objectivos” para restabelecer a calma no Norte do território. Na abertura da reunião semanal do executivo israelita, o chefe do governo sublinhou que haverá “consequências a longo prazo na fronteira norte de Israel e no Líbano, bem como em toda a região”. O vice-primeiro-ministro questiona se “o executivo libanês pode governar”. Shimon Perez diz que “o problema do Líbano não é Israel, mas sim o Hezbollah e a capacidade do governo libanês para o controlar”.

O executivo israelita tomou medidas de emergência para as cidades do norte do país, alvo de ataques, encerrando escolas, fábricas e instituições públicas. Israel planeia também elevar o nível de alerta em Telavive na sequência do ataque do Hezbollah contra Haifa.