Última hora

Última hora

Israel decreta "situação especial de segurança" no norte do país

Em leitura:

Israel decreta "situação especial de segurança" no norte do país

Tamanho do texto Aa Aa

O Governo israelita decide decretar medidas de emergência para as cidades do norte do país, junto à fronteira com o Libano, alvo de inúmeros ataques.Escolas, fábricas e instituições públicas vão ser encerradas por razões de segurança enquanto a guerra contra o Hezbollah se mantiver. Uma centena de granadas atingiu várias localidades transfronteiriças situadas ao longo da linha azul traçada pela ONU para servir de fronteira entre o Líbano e o Israel. O bombardeamento a Tiberiade, o primeiro contra esta cidade do nordeste de Israel parece ter sido a gota de água que levou o governo a tomar esta decisão.
De acordo com fonte militar israelita, pelo menos três foguetes explodiram em Tiberiade, uma cidade maioritariamente cristã fazendo vários feridos.

O vice-primeiro ministro israelita, Shimon Peres declarou que “no momento em que este tipo de ataques acabarem não haverá problemas entre Israel e o Libano. Não queremos nada do Libano, nem terra, nem água nem a sua influência a única coisa que nos interessa é a paz. Se o Libano quiser isso, será bem-vindo, Senão temos de nos defender e é o que fazemos.“É neste quadro de Defesa que foram instalados em Haifa as baterias de antimísseis, os patriot, que terão como função travar os ataques do Hezbollah às cidades portuárias do norte de Israel.