Última hora

Última hora

Primeiros europeus deixam o Líbano

Em leitura:

Primeiros europeus deixam o Líbano

Tamanho do texto Aa Aa

Os governos europeus começaram a repatriar os cidadãos residentes no Líbano. A Espanha foi o primeiro país a reagir perante a escalada de violência dos últimos dias na região e os primeiros espanhóis provenientes de Beirute ja chegaram a Madrid em segurança. Em França uma famíla libanesa angustia-se com a ausência de notícias dos familiares que vivem no Líbano.

Jean Pierre tinha já bilhete de ida para Beirute mas os acontecimentos ultrapassaram-no e o seu irmão, que se encontra na capital libanesa, dissuadiou-o da viagem. Os pais vivem colados ao telefone:
“Estou muito preocupada. Não consigo ter notícias dele, nem da minha mãe, nem do meu cunhado” desabafa a progenitora.

No restaurante libanês, onde trabalha Jean Pierre, o sofrimento é o mesmo. A impossibilidade de comunicar com os familiares é uma tortura. Para resolver a ausência de notícias resta uma única alternativa, seguir passo a passo os telejornais televisivos. Esta família escolheu a Euronews para saber notícias da guerra no seu país.