Última hora

Última hora

Segurança energética debatida no G8

Em leitura:

Segurança energética debatida no G8

Tamanho do texto Aa Aa

No segundo dia do encontro de São Petersburgo, o G8 aprovou uma declaração sobre segurança energética global. O documento reconhece as diferentes posições que as economias mais poderosas do mundo têm em relação a questões como a energia nuclear ou as mudanças climatéricas.

O texto menciona os diferentes métodos utilizados pelos membros do grupo para obter energia segura e inclui uma frase que afirma o empenho das oito nações em “reduzir os riscos associados ao uso seguro de energia nuclear”. Este tipo de energia está a voltar a ser utilizado a nível global, sobretudo no continente asiático.

Um regresso que os ambientalista vêem com bons olhos uma vez que a sua utilização não liberta gases susceptíveis de provocar o efeito de estufa e consequente aquecimento do planeta. No entanto, os críticos desta alternativa energética continuam a apontar a não existência de um método seguro de armazenamento de detritos nucleares e alertam para o facto de as centrais nucleares poderem ser alvos fáceis de ataques terroristas.