Última hora

Última hora

Olmert acusa "Eixo do Mal" Teerão-Damasco

Em leitura:

Olmert acusa "Eixo do Mal" Teerão-Damasco

Tamanho do texto Aa Aa

Ehud Olmert foi hoje à Knesset comentar a ofensiva de Israel no Líbano após a captura de dois militares do Tsahal pelo Hezbollah. No parlamento, o primeiro-ministro afirmou que o Estado hebraico foi ameaçado na sua soberania e apontou o dedo a Teerão e Damasco, o “Eixo do Mal” que considera responsável pela actual crise.

O chefe do governo israelita reconheceu que não tem qualquer conflito territorial com o Líbano, mas não está disposto a viver sob a ameaça dos mísseis e do terrorismo. Olmert frisou que a ofensiva de Israel irá prosseguir enquanto os soldados do Tsahal não forem libertados e o exército libanês não assumir o controlo do Sul do país.