Última hora

Última hora

Líbano: Primeiros refugiados europeus já chegaram a Chipre

Em leitura:

Líbano: Primeiros refugiados europeus já chegaram a Chipre

Tamanho do texto Aa Aa

Já chegaram a Chipre os primeiros europeus que abandonaram o Líbano para escaparem aos bombardeamentos israelitas. O navio italiano Durand de la Penne atracou no porto comercial de Larnaca na costa sul da ilha mediterrânica com 366 passageiros a bordo.

Uma italiana referia ao descer do navio “sentir um grande alívio” mas ao mesmo tempo sente-se deprimida porque deixou o seu pai, o seu país, o trabalho, os amigos e porque gostaria que o seu filho nascesse no Líbano.

Uma freira italiana referiu que “a guerra chocou toda a gente. Ver um país tão bonito, tão querido ser tão martirizado. Todos os dias há novas incursões, novos desastres, novos medos.”

Um refugiado afirmou “a situação está cada vez pior. As bombas estão tão perto que se pode ver o fumo e as chamas, o barulho é ensurdecedor, as crianças choram, é muito assustador.”

O navio fretado pela França é esperado às primeiras horas da manhã em Chipre com 1250 pessoas a bordo, 300 das quais são crianças e 200 não se fazem acompanhar pelos pais. A bordo do navio encontram-se 11 portugueses.

De acordo com diplomatas suecos, um ferry boat com capacidade para 1600 pessoas deverá partir de Creta, na Grécia, rumo a Beirute para trazer refugiados para Chipre. A chegada deste barco à ilha mediterrânica está prevista para quarta-feira.