Última hora

Última hora

Deteriora-se situação dos refugiados em Beirute

Em leitura:

Deteriora-se situação dos refugiados em Beirute

Tamanho do texto Aa Aa

Com o prolongamento dos bombardeamentos israelitas no Líbano, e em particular no Sul de Beirute, é cada vez mais difícil encontrar abrigo, mantimentos e assistência médica.

Os ataques visaram inicialmente infra-estruturas públicas e vias de acesso mas, só nos bairros do Sul da capital, muitos edifícios residenciais e mesmo um hospital e várias escolas foram também destruídos.

Milhares de refugiados libaneses enfrentam uma iminente crise humanitária. Dados oficiais apontam para mais de 50 mil deslocados devido aos combates. Muitos libaneses do sul do país e da zona sul de Beirute – a área mais atingida da capital, por ser um reduto do Hezbollah – procuram abrigo em escolas e edifícios públicos.

A maioria tem os nervos à flor da pele. Uma mulher culpa “Israel e os Estados Unidos, que espera ver derrotados”. Acrescenta que “a população não é responsável pelo que está a acontecer”.

Um homem diz que teve de fugir para uma escola “porque o Sul está a ser bombardeado e espera que o governo se ponha em contacto com os presidentes dos outros países para que possam volta para as suas casas e famílias”.

Os refúgios improvisados, muitos dos quais carecem de infra-estruturas básicas, estão já cheios e os refugiados acumulam-se agora nos parques de Beirute.